Escolhas.

 Já pararam pra pensar que a cada mínima escolha que fazemos, se cria um futuro diferente? A mínima. Se faço algo ou não, o modo que faço, o quanto esperei pra fazer. Qualquer coisa pequena consegue mudar sua posição perante o mundo. Pode ser que alguém fale comigo e me dê uma conversa que mude meu modo de pensar sobre algo, ou posso deixar pra depois e nunca te-la, nunca mudando. Pode ser que deixei passar um momento aparentemente insignificante que mudaria um grande aspecto da minha vida e nem estou ciente. Como seria meu futuro daqui há meia hora, se eu resolvesse dizer um simples oi para alguém que nunca vi... Uma nova amizade, ou só mais um momento de simpatia? Quem vai saber? Cada minuto afeta seu futuro, é impressionante, até mesmo assustador. Focamos nas grandes escolhas e não percebemos que temos que faze-las a todo momento, ininterruptamente. O tema que abordei, as ideias que descartei, as palavras que escolhi... Me dá vontade de arrumar um jeito de seguir todos os caminhos, para ver o rumo que será tomado e escolher a escolha! Pelo menos nos focamos naquelas que enxergamos como importantes, senão perderíamos nossa sanidade "travando" em toda e qualquer escolha a ser feita, afinal, apenas essas já mexem com a gente e, depois de escolher não podemos voltar atrás, não temos o poder de voltar no tempo, já foi. Realmente, "cada escolha, um renúncia, isso é a vida." O que será que já renunciamos, e o que será que escolhemos aceitar? 

Vivendo?

Na minha visão, a vida é um conjunto dos momentos que vivemos, e um bom objetivo para ela seria fazer com que a maioria deles valessem a pena, senão não vejo outro bom motivo. Baseando-se nessa visão, a gente desperdiça a maioria do tempo que deveria ser empregado nessa meta. Por quê? O objetivo de vida imposto pela sociedade é o trabalho. Sem trabalho você não tem essa ilusória autonomia, não come, não bebe, não se sustenta. Não há escolha, "vai trabalhar vagabundo!". E se for contra isso, tente viver dignamente... Ilusão. Crescemos sendo preparados para o mercado de trabalho, trabalhamos para bancar os estudos, e estudamos para que? Justamente para conseguir outro emprego. Dinheiro, dinheiro, dinheiro, é o que tudo movimenta. E quanto tempo você tem para usufruir do seu ganho? Um fim de semana que voa. E é assim a vida inteira. Talvez para quem tenha garantido sua aposentadoria até dê pra curtir um pouco nesse tantinho de vida que lhe restou depois de tantos anos... Dá para enxergar o que eu estou dizendo? O desequilíbrio de tempo entre a rotina maçante e o tempo que nos resta pra tentar fazer os momentos valerem a pena é absurda. Queremos que o dia passe rápido para descansar de uma vez por todas, queremos que um dia da nossa vida passe rápido! Um dia a menos nela, queremos isso... E se você deixa seu emprego em segundo plano dando mais tempo a você, sinto muito, você não entendeu como a vida funciona jovem. Como a vida funciona? Como deveria funcionar? "O mundo está ao contrário e ninguém reparou".

Inesperado.

As coisas realmente acontecem quando menos se espera. Sempre tentamos controlar, esquematizar, prever... em vão. As coisas só vão acontecer mesmo quando pensarmos que não vão. E isso vale para todo o tipo de situação. Quando achamos que não aparecerá mais nenhuma oportunidade de emprego, surge um cargo que simplesmente não havia quando estávamos procurando desesperadamente. Quando você desiste de sair por não haver bons lugares, alguém te convida para algo que pode ser até melhor que suas opções. Quando você sente que seu problema chegou ao limite, surge uma solução que te tira do fim da linha. Quando você sai às pressas, com as unhas por fazer, o cabelo por alisar e a maquiagem básica, sem toda a máscara feminina... Aparece alguém que te nota pra valer. Simplesmente assim. Nem notamos, mas o inesperado está muito presente nas nossas vidas. Soluções, expectativas, às vezes decepções, surpresas... Tudo fora de nosso controle; e o engraçado é que mesmo assim não paramos nunca de tentar controlar o que vai acontecer. O que planejo geralmente acaba tomando outro rumo, então vou seguir o lema de que o que é pra ser, será.

Rotina.

Desperta, espera, pensa, pisca, olha, cochila, acorda, boceja, espreguiça, levanta, para, lamenta, come, escova, veste, calça, enxerga, liga, assiste, digita, escreve, lê, conversa, cansa, desliga. Fala, combina, maquia, sai, caminha, ouve, cumprimenta, sorri, malha, sua, volta. Despe, banha, ensaboa, relaxa, seca, maquia, perfuma, veste, come, escova, atrasa. Trabalha, espera, entedia, comemora, volta. Despe, descalça, refresca, canta, enxuga, veste, liga, assiste, conversa, come, come, come, desliga, escova, "desenxerga", apaga, deita, planeja, reflete, dorme, sonha, desperta...