Ilusão.

O ser humano vive disso. Precisa haver uma válvula de escape em meio a loucura desse cotidiano e aos conflitos que passamos. É tanta injustiça, tanto egoísmo, tanta mentira. Tudo fica mais fácil de tolerar se iludindo com visões distorcidas da situação ou com a velha história da esperança... De que um dia isso vai mudar, que vai passar. Quem não se dá esse luxo, sofre. Pessoas se iludem até para acreditarem que a vida que levam é a que se quer, por parecer conseguir manter o controle das situações, mas isso é só uma questão de tempo. O ser humano busca perfeição, e perfeição não existe, é uma loucura vista como normal. Todo mundo recorre a algum modo para se iludir por pelo menos alguns momentos; viajar e fingir que os problemas do dia-a-dia se foram para sempre, procrastinar na expectativa de que as coisas se concluam sozinhas, se drogar... Independente do grau, todo mundo precisa disso, porque se entregar à verdade nua e crua desse mundo, é suicídio.

4 comentários:

Júlia Farolfi disse...

Talvez a ilusão seja uma tentativa de alcançar a felicidade...
Muito bom o texto, colega!

Dá uma passadinha no meu blog depois: sweetpearcolor.blogspot.com

Priscila Fantini disse...

nossa, texto lindo!!!
Hoje é difícil alguém nunca ter se iludido na vida! rsrs
Mais a ilusão é apenas para fingirmos que temos coisas que na realidade
não são nossas, fingir um amor, um alguém... é meio complicado, mais não sei o que é pior viver a vida nua e crua ou viver uma ilusão, algo que você tem apensas na sua imaginação!

beijos

Criança Lúdica disse...

Faço de suas palavras, as minhas. Precisamos de certo, da ilusão. Aprecio a ludicidade das coisas, e uso delas para colorir ao mundo opressor no qual vivemos. Talvez seja covardia... De qualquer forma, se quiser conhecer às minhas ilusões, visite a minha página. Boa noite.

Claudio Chamun disse...

A ilusão pode ser um droga que nos vicia para não encarar a verdade.

Bonito texto.

www.cchamun.blogspot.com.br

Postar um comentário